segunda-feira, 14 de abril de 2008

O Fim de Semana Desportivo em Análise

Em mais um fim-de-semana de futebol, destaque para o grande Farense mais uma vez. A equipa da capital algarvia ruma desportivamente para a Terceira Divisão Nacional, após a vitória 3-2 no S. Luís sobre o Culatrense, beneficiando dos desaires de Lusitano e Castromarinense, que agora se limitam a lutar pelo segundo lugar entre si. Se desportivamente o destino parece traçado, esperemos que administrativamente a situação pendente à dois anos com a FPF e que impede a inscrição de jogadores, seja definitivamente ultrapassada, para que este espírito ganhador não seja travado por uma questão que envergonha o clube e a cidade de Faro.
Quanto à equipa de Juniores, realizou dois jogos nestes últimos 3 dias e pode-se dizer que o sonho da promoção ao escalão maior do escalão está seriamente comprometido, o que na verdade é uma pena. No sábado a equipa de Faro deslocou-se a Torres Vedras e foi derrotada por 2-0 enquanto na tarde de hoje, um nulo, diante do Sport Barreiro deitou por terra muitas das aspirações dos jovens farenses.
Nos Iniciados, o Farense deslocou-se a Armação de Pêra, repetindo o resultado da equipa sénior neste ano, saindo derrotado por 1-0 e baixando ao 5.º lugar da tabela.
Por fim nas Escolas, a equipa A deslocou-se a Albufeira e bateu o Imortal por 0-10, mantendo no 4.º posto enquanto a equipa B esmagou o CD Montenegro por 12-1, solidificando o 3.º lugar da tabela.

Na Terceira Divisão Nacional, mais uma jornada tripartida para as equipas algarvias: Assim na fase de subida o Beira Mar regressou às vitórias e bateu o Campinense por 1-0 chegando-se aos lugares cimeiros enquanto o Quarteirense foi ao campo do barreirense e trouxe de lá um excelente empate a uma bola, que o deixa mais perto dos 4 primeiros lugares e dando uma ajuda ao próprio Beira Mar; nas fases de manutenção, mais uma jornada negra para o Almancilense de Luís Dores que não foi além dum nulo diante do irremediavelmente despromovido Imortal, o que a deixa agora abaixo da linha de água, após uma 1.º fase que augurava um futuro muito promissor e ambicioso para os homens de Almancil. E se para uns é azar, para o Silves é o reverso da medalha pois, a excelente recuperação que vêm efectuando, deu os seus frutos nesta ronda, pois abandonaram definitavamente os lugares de descida após a vitória por 0-1 em Évora diante do Lusitano local, o que os deixa a 1 ponto do primeiro lugar da poule e com 1 ponto de vantagem para o Almancilense que já “respira muito mal”; por fim no grupo 2 de manutenção grande destaque para o Ferreiras que foi à Amora bater a equipa local por 1-3 e saiu da zona de descida.

Na Segunda B, na fase de subida o Lagoa foi aos Açores e saiu derrotado por 0-1, resulatdo que se pode considerar normal e que não afecta as hostes barlaventinas. Enquanto isso o Louletano voltou a fraquejar em casa, ao empatar 1-1 com o Madalena, resultado que se considera negativo e não permite aos homens de Loulé afastar a equipa dos Açores do seu encalço. Quanto ao Messinense, carimbou praticamente a descida desta divisão, situação que é mesmo admitida pelo seu presidente, pois ao ser batida em casa por 0-5 pelo Odivelas, ficou a 8 pontos da linha de água.

Por fim na Liga Vitalis, amplo destaque para o Olhanense que venceu 0-1 em Gondomar, graças a um golo de Gomis, e trepou 3 lugares na tabela, mantendo os 5 ponto de desvantagem para o 2.º lugar mas posicionando-se com outra ambição face à hipotética subida de divisão. Isto porque os de Olhão, se vencerem o derby da próxima jornada no José Arcanjo, ficarão no mínimo a 3 pontos do segundo lugar, isto a 3 jornada do fim… Quanto ao Portimonense, não foi aquém dum empate caseiro diante do ultimo classificado Penafiel, demonstrando mais uma vez o porquê do pior ataque da Liga Vitalis e não traduzindo em golos algum do domínio que teve na segunda parte e que nesta altura o deixaria um pouco mais aliviado da descida. Assim guarda apenas 2 pontos de vantagem sobre a linha de água e irá sofrer até ao último instante para a evitar a descida.

Sem comentários: