quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

As Notas do Farense 1-0 Quarteira

Notas Positivas:

  • O Farense garantiu na noite de hoje a passagem às meias finais da Taça do Algarve, até ao momento, a vez em que o Farense chega mais longe nesta competição, sendo mesmo um dos maiores candidatos à vitória final, neste que é o ano de Centenário. Certamente uma prenda que está em mente da direcção, equipa técnica jogadores e staff para todos os sócios adeptos, por forma a elevar ainda mais o rico palmarés da equipa da capital algarvia.
  • Numa partida que foi jogada em ritmo de treino por parte do Farense, destaque para algumas aceitáveis exibições de jogadores menos rodados, como foi o caso de Pablo, que mostrando disponibilidade física durante a partida foi o autor do excelente centro que originou o único golo do jogo, apontado por Pintassilgo pouco depois da meia hora de jogo.
  • É raro ter se em conta a terceira equipa em campo, mas o facto é que o trio de arbitragem liderado por João Ribeiro fez uma boa prestação, sem causar ondas de descontentamento em ambos os conjuntos e ajuizando com descrição a partida.

Notas Negativas:
  • A exibição do SC Farense não foi a melhor, talvez justificada por muitas ausências na equipa titular e jogando grande parte da partida em gestão, por forma a não se desgastar para mais uma dura batalha, no próximo domingo. Jogando com mais um jogador, após a expulsão do guardião contrário a meio da segunda parte, o Farense nunca conseguiu dominar completamente o adversário que se mostrou confortável perante a fraca exibição farense.
  • O relvado de S. Luís é um dos grandes empecilhos para a fluidez de jogo da equipa farense. Se no domingo passado, o relvado estava em condições medíocres, hoje estava muito pior e a perspectiva é que mais uma quantidade de treinos e o jogo de juniores no sábado deixem o recinto de jogo ainda mais irregular. Além do mais a relva encontra-se crescida o que prejudica a circulação de bola com mais velocidade...
  • As lesões têm sido uma constante na equipa do Farense, e face ao reduzido plantel à disposição de Rui Esteves, não auguramos uma tarefa fácil para as próximas partidas. Hoje foi a vez de Norberto sair tocado. Contudo a ausência de jogadores como Idalécio, Ró-Ró e Alvarinho por lesão e de David Justo e Galanducho por questões disciplinares e burocráticas parecem ser os casos mais preocupantes a nível de resolução para a próxima partida, que se reveste de particular importância.

Sem comentários: