segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

O Fim de Semana Desportivo em Análise - Época 2008/2009

Cá estamos para dissecar mais um fim de semana desportivo, passando os olhos pelas diversas equipas algarvias a disputar os Nacionais de futebol e também pela prestação das equipas do SC Farense. Pessoalmente era com esperança que encarava a deslocação do SC Farense a Évora para defrontar o Lusitano local e à semelhança de mim, eram muitos os que alimentavam esse facto, por isso é com alguma naturalidade que encaro a onda de desilusão dos adeptos e sócios. Fala-se das dispensas de três pedras importantes na equipa deste ano, mas na verdade quando este saírem o que nos ficará na memória acerca da prestação destes três jogadores? Sem querer por em causa o seu profissionalismo, estes jogadores estiveram ao nível da prestação da equipa no campeonato, que até ao momento é medíocre, face às aspirações de adeptos, sócios e da equipa técnica. Face à situação, espero que estas saídas sejam colmatas com jogadores jovens de qualidade, ambiciosos, determinados e com afectividade ao Clube ou à Região. Doutra forma não me parece ser considerada uma boa manobra por parte da estrutura técnica da equipa. A derrota por 2-0 em Évora constitui um forte revés na onda de confiança mas não pode apagar os dois últimos jogos da equipa que nos fizeram pensar em algo mais, por isso é imprescindível estar com a equipa e tentar levar estes homens a graus de confiança elevados para poder ultrapassar a mala pata dos jogos caseiros e tentar no mínimo já a manutenção, deixando os outros voos em stand-by.
Falemos dos Juniores e da sua participação no Nacional de Juniores, onde nesta jornada voltaram a não vencer, sendo derrotados na Amadora por 2-1. O próximo jogo no S. Luís reveste-se de particular importância pois os Leões de Faro jogarão com um adversário teoricamente do "seu campeonato" pelo que só a vitória interessa para abandonar os lugares mais baixos da tabela.
Os Juvenis não entraram em acção neste fim de semana e os Iniciados averbaram a segunda derrota na prova, em Lagos por 2-0 o que nos leva a crer que ainda não será este ano que o Farense voltará ao Nacional neste escalão etário.
Notas finais para os Infantis que no duplo confronto com o Imortal empataram 0-0 (equipa A) enquanto a equipa B sofreu uma derrota caseira por 5-8. Já nas Escolas, destaque para a copiosa derrota da equipa N desta escalão, sofrendo uma goleada de 18-1 pelos miúdos do SC Olhanense...

Voltemos à Terceira Divisão Nacional, com realce para o resultado do nosso próximo adversário, o histórico Silves que no derby concelhio com o Messinense sofreu uma frustrante derrota por 0-1, o que permite aos homens de Messines chegar-se já ao meio da tabela estando a apenas 1 ponto do SC Farense... Também o Campinense obteve um resultado aceitável ao empatar 1-1 no Lavradio frente ao Fabril do Barreiro, enquanto o Quarteirense continua a marcar passo e desta feira foi humilhado em casa, após uma goleada por 2-5 diante do Atlético de Reguengos. Nota final para o Louletano que tinha neste fim de semana um jogo muito importante, ao receber o Juv. Évora. Os comandados de Manuel Balela venceram com alguma dificuldade os alentejanos e cimentaram assim a sua posição na tabela, estando agora a apenas um ponto do líder Cova da Piedade.

Na Segunda B, enquanto o líder Mafra já se vai distanciando dos seus rivais, todas as outras equipas à excepção para já do Oriental, que tem apenas 8 pontos, estão separadas por cinco pontos o que permite alterações na tabela classificativa de jornada para jornada. Vitima disso, o Beira Mar de Monte Gordo, está agora na penúltima posição após uma derrota caseira 0-1 com o Torreense. Já o Lagoa também não fez festa pois o empate caseiro a uma bola diante do Real foi uma oportunidade desperdiçada na busca duma situação mais tranquila na tabela.

Na Liga Vitalis, o Olhanense deu na tarde de ontem um passo importante para se assumir definitivamente na luta pela promoção. A vitória forasteira por 3-1 em Freamunde não sofre contestação e permitiu aos algarvios deixar um fosso de 5 pontos para o 3.º classificado Varzim. Já o Portimonense, que à jornadas atrás parecia querer intrometer-se na luta pela subida sofreu um duro revés nesta jornada ao perder por 1-3 em casa com o Feirense, deixando os homens de Vítor Pontes mais longe dos primeiros lugares, mas não arredados do sonho.

Sem comentários: