segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Pão de Açúcar "amigo" do Mercado Municipal

Após três meses da inauguração do Pão de Açúcar no edifício do Mercado de Faro, o Observatório do Algarve foi ouvir o que têm os comerciantes a dizer. Conheças as opiniões aqui.
Uns dizem que” não prejudicou nem beneficiou”, outros afirmam ter favorecido “bastante”. É assim que se dividem as opiniões de comerciantes e dirigentes quanto à instalação do estabelecimento do grupo Auchan no edifício do Mercado Municipal de Faro.
Na perspectiva de D. Florinda, comerciante de frutas e legumes, a abertura do Pão de Açúcar “não prejudicou até porque os clientes são os mesmos”, afirma ao Observatório do Algarve.
Augusto Nunes e Tiago Raimundo, comerciantes de carne e peixe, respectivamente, acrescentam: “Talvez ao fim-de-semana venham mais umas quantas pessoas”, comentam.
Já para José Apolinário o balanço é sem dúvida positivo: "Desde a abertura do Pão de Açúcar houve mais gente e mais movimento no mercado. Além de que se tem verificado uma relação complementar com o mercado tradicional que mantém a qualidade do produto e ao mesmo tempo proporciona uma maior atenção no atendimento, pois as pessoas já se conhecem pelos nomes”, acrescenta o autarca.
Com os olhos postos no futuro próximo, Apolinário acredita que a inauguração da Loja do Cidadão vai trazer um reforço ainda maior para o mercado tradicional que beneficiará da vinda de “uma média diária de 2 mil pessoas”.
Quinta-feira, dia 18, fará três meses que o Pão de Açúcar está instalado no edifício do Mercado Municipal de Faro.

A fazer fé nos depoimentos recolhidos pelo Observatório do Algarve, faço aqui o mea culpa do meu pensamento explicito neste artigo e no outro anexo.

Sem comentários: