quinta-feira, 18 de junho de 2009

Direcção do Farense abandona PEC e decide convocar eleições para 8 de Julho

Reuniram-se na noite de hoje cerca de 150 associados do SC Farense no 3º piso do Ginásio Sede do clube da capital algarvia.

Se a agenda desta assembleia extraordinária contabilizava dois pontos distintos, na primeira fase da reunião magna, procedeu-se ao relatório do serviço efectuado pela da Comissão de Venda desde o dia 19/04/2007 até à data, terminando a sua intervenção com o anúncio da cessação de funções em virtude do fracasso das negociações com eventuais interessados.

Após intervenções de alguns associados, partiu-se para o segundo ponto da ordem de trabalhos, no qual o Dr. Gomes Ferreira, presidente da Direcção do SC Farense informou que, face à morosidade do Processo Extra Judicial de Conciliação, iniciado junto do IAPMEI em 2006, o SC Farense havia sido notificado neste sentido, e tendo as negociações para venda dos terrenos do S. Luís sido abortadas, não haveria condições deste se manter de pé neste momento, abdicando do mesmo no dia 03/06/2009. Com este facto, julgou a Direcção do Clube ser imprescindível convocar eleições com a maior brevidade possível, dado que a vigência do mandato havia já expirado em 2006 e a única razão invocada pela Direcção para não convocar eleições era a não-conclusão do PEC. Anulado este pressuposto entendeu a Direcção dar lugar a novos associados que queiram dirigir o Clube, potenciar a formalização dum novo PEC, e depois, da venda dos terrenos do S. Luís.

Durante a assembleia muitos associados usaram da palavra, mas nem sempre as respostas foram respondidas objectivamente pela Direcção, com realce para a questão da inscrição da equipa de futebol sénior na próxima época desportiva, no qual o Dr. Gomes Ferreira avançou que serão precisos 350 mil euros para formar uma equipa competitiva. Entre outras notas registamos também a afirmação do actual presidente da direcção, que afirmou que não será candidato nas próximas eleições do SC Farense.

Mais tarde foi anunciado pelo Sr. João Pedro Carvalho, presidente da mesa da Assembleia Geral do Farense, que haviam sido marcadas eleições para o dia 8 de Julho

Actualizado às 9h00, 19/06/2009

Sem comentários: