segunda-feira, 23 de março de 2009

O Fim de Semana Desportivo em Análise - Época 2008/2009

Destacamos mais um fim de semana desportivo, nesta semana indelevelmente marcado pela ultima jornada da primeira fase da Terceira Divisão Nacional. O Farense, que à jornada 18 estava a dezoito pontos do segundo posto, conseguiu uma importante recuperação e terminou a doze pontos desse lugar o que agora se traduz numa distância de seis pontos na segunda fase, deixando tudo nas mão dos comandados de António Barão. Se olharmos apenas para a pauta na segunda volta, o Farense seria o terceiro classificado, a quatro pontos do Louletano e a dois do Atlético de Reguengos, mas tendo por exemplo o melhor ataque da prova, o que atesta bem, da subida de rendimento da equipa na segunda metade do campeonato. Se os Séniores venceram 0-2 em Silves, já os Juniores perderam por 0-2 no velho S. Luís, com o Benfica, resultado que não envergonha e que acaba por não ter implicações na tabela pois o Oeiras, primeira equipa abaixo da linha de água também perdeu e têm uma margem de nove a pontos para do Farense, o que em quatro jogos nos parece muito difícil de eliminar... Nos Juvenis, o trio da frente do Distrital mantém as mesmas distâncias, na sequência das vitórias desta jornada, onde o Farense bateu copiosamente o Esp. de Lagos por 6-0, enquanto na Segunda Divisão, a equipa B perdeu em Albufeira com o Imortal por 5-3. pior estão os Iniciados que continuam numa série negra e muito preocupante, pois neste fim de semana foram derrotados em casa por uma equipa que tinha apenas seis pontos na prova. O Internacional de Almancil foi a faro e bateu os farense por 1-3, deixando os farenses ainda mais em baixo animicamente. Notas finais como habitualmente para Infantis e Escolas, com os Infantis a terem uma deslocação negra a Albufeira, trazendo duas goleadas, uma de 7-0 e outra de 6-2, enquanto as Escolas A perderam 5-2 na deslocação ao campo das Gaivotas em Armação de Pêra, tendo ainda as Escolas B perdido 8-2 com o Olhanense.

Voltemos à Terceira Divisão Nacional, onde o última jornada apenas veio limar algumas arestas nos grupos de manutenção, isto no que toca às restantes equipas algarvias. Se o Louletano, em plena descompressão e mesmo rodando parte do seu plantel, humilhou o Messinense por 6-1, mostrando a diferença de valores e estado de espírito das duas equipas. O Messinense, que ocupará o grupo 1 de manutenção com 10 pontos terá pela frente o motivado Campinense, que após a sensacional vitória diante do Lusitano de Évora por 0-3, ficará com 14 pontos, ou seja com tudo em aberto para se salvar, pois apenas dista dois pontos do primeiro colocado desse grupo. Também o Quarteirense, que vinha duma série negra de cinco jogos a perder, quebrou o enguiço e bateu em casa o Barreirense por 2-0, ficando com doze pontos, a três da primeira equipa acima da linha de água na sua poule. O Silves que incorporará essa poule, iniciará a competição com 8 pontos.

Nota Final para Segunda B, desta feita com particular destaque para o Lagoa que se estreou a vencer nesta fase da prova, batendo o Pinhalnovense de Joaquim Mendes por 2-1 e assim subindo ao terceiro posto. Na fase descida o Beira Mar deixa mais um passo rumo à Terceira Divisão após empatar 2-2 com o Aljustrelense, somando agora 14 pontos, a 6 pontos da primeira equipa a salvo, mas ocupando o ultimo lugar da poule. Parece-nos que muito dificilmente os comandados de Eduardo Rodrigues conseguirão evitar a descida, num Clube com imensos problemas o que nada ajuda à estabilidade do plantel.

1 comentário:

Anónimo disse...

Os Infantís A jogaram com a melhor equipa do seu campeonato. O Imortal tem uma equipa muito forte e sem qualquer dúvida será o campeão. Miúdos, temos que levantar a cabeça, no próximo sábado tenho a certeza que vamos ter uma boa vitória contra o Odiáxere.
Força miúdos, força Farense.

David.