segunda-feira, 11 de maio de 2009

O Fim de Semana Desportivo em Análise - Época 2008/2009

Com a época a caminhar a passos largos para o seu termo, o destaque vai desde já para para a equipa Sénior do SC Farense que ontem, perante uma boa moldura humana voltou a não vencer, e pior que isso saiu derrotada dum confronto onde esteve em vantagem, mas não teve arte nem engenho para se superiorizar a uma adversário teoricamente mais fraco. Agora, dista 4 pontos do segundo classificado, e já não depende de si próprio para poder acabar a prova no segundo lugar. A derrota de ontem quebrou um ciclo de sete jogos sem perder, mas ainda assim não penalizou muito o Farense, que viu o Reguengos empatar 2-2 em casa com o Louletano.
Se nos Séniores o fim de semana não correu de feição, bem estiveram os Juvenis A, que nas ultimas semanas recuperaram seis pontos ao líder, o Internacional de Almancil e partem para a última jornada com surpreendentes aspirações de subir ao Nacional após vitória 2-0 sobre o rival Olhanense que a deixa a um ponto da liderança. Já os Juvenis B, ainda com o campeonato mais atrasado, foram copiosamente derrotados em casa por 0-5 pelo Ferreiras, estando actualmente no oitavo lugar da tabela. Por fim, destaque para as Escolas A e B, tendo os A's ganho 0-4 em S. Brás à Sociedade 1º Janeiro e os B's sido derrotados em casa por 0-3 com o Louletano.

Voltemos à Terceira Divisão Nacional que conheceu neste fim de semana o seu desfecho, quanto à fase de descida, com apenas o Quarteirense a se salvar da queda aos Distritais após vitória por 2-0 sobre o Silves, que assim o segurou na segunda posição da poule, mas conseguiu também proporcionar um coeficiente de pontos, suficiente para garantir desde já a manutenção. Como resultado disto, o Salgados, uma das equipas farenses do Distritalão livrou-se da descida, enquanto o Faro e Benfica se viu arrastado para a Segunda Distrital depois da derrota do passado sábado por 1-0 em Estômbar. Quanto às outras duas equipas algarvias deste campeonato, ambas com destino traçado rumo ao Regional, tiveram perfomances distintas: o Campinense perdeu em casa por 2-3 com o Fabril enquanto o Messinense se despediu com cabeça levantada da prova após bater por 2-0 o Castrense no seu terreno.

Também a Segunda B terminou a sua época neste domingo e todos as atenções dos algarvios estavam centradas na equipa do Lagoa que ainda tinha esperança de assegurar a presença no play off de acesso à Liga Vitalis. A jogar fora no campo do Real Massamá, o Lagoa levou a melhor e cumpriu a sua obrigação, batendo os locais por 0-1, enquanto viu o Carregado, seu perseguido quebrar o jejum de duas jornadas ao bater o Odivelas pelo mesmo resultado. Tal facto inviabilizou o sonho da turma de Luís Coelho, que assim se contenta com um meritório segundo lugar, fruto duma segunda volta de poule estrondosa, onde venceram cinco jogos consecutivo. Na poule de descida o Beira Mar de Montegordo, já com a descida mais que confirmada, despediu-se deste campeonato com uma vitória forasteira por 0-1 em Torres Vedras, defendendo-se do ultimo lugar do campeonato e saindo duma forma digna da prova.

Nota final para a Liga Vitalis, onde felizmente parece haver boas novas para o futebol algarvio. Contra a corrente das últimas épocas, onde o futebol algarvio tem sofrido gradualmente uma razia nos seus representantes, quer em quantidade, quer em competitvidade. Claro que destacamos neste fim de semana a vitória chave do Olhanense por 1-0 sobre o vice-líder Santa Clara, com o golo a ter lugar a poucos minutos do fim, através duma grande penalidade conseguida e concretizada pelo pichichi da Liga Vitalis, Djalmir. A juntar a isto, a derrota do Leiria por 2-1 em Oliveira de Azeméis, deixa os algarvios a três pontos da Liga Sagres, que a se consumar ditará o regresso dos rubro negros a esta prova, 35 anos depois. Mas, como referimos, também o Portimonense averbou um resultado positivo em Aveiro, trazendo de lá um ponto, na sequência do nulo obtido, o que o deixa com uma margem de quatro pontos para defender nos próximos dois jogos.

Sem comentários: