quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Leão de pontaria afinada goleou rival algarvio

O golo inaugural da partida, numa grande penalidade convertida por Bruno


Jogou-se na tarde-noite de hoje, no relvado do S. Luís mais um jogo de treino com vista à preparação da nova época. Num palco renovado já sem as grades que tornavam o rectângulo de jogo numa espécie de prisão, enfrentavam-se duas equipas algarvias que serão rivais na série da Terceira Divisão desta época, pairando alguma curiosidade sobre a equipa do Beira Mar, que conta com algumas caras conhecidas dos farenses, como Paixão, Barão ou mesmo Palma nas suas fileiras, aos quais se juntam sete jovens jogadores brasileiros.

O jogo começou numa toada muito quezilenta, muito por culpa da equipa montegordina, que insistia em cortar o jogo dos Leões de Faro duma forma pouco ortodoxa, ainda para mais num jogo dito amigável. Assistia-se a um Farense com mais posse de bola, mas sem criar chances de golo. Com o passar do tempo, os comandados de Eduardo Rodrigues foram equilibrando a partida, num jogo que se tornou algo morno e mastigado a meio campo. O primeiro grande lance do Farense apenas surgiria perto da meia hora, numa jogada de Alemão dentro da área, rematando de pé esquerdo ao lado do poste esquerdo da baliza sul. Com o passar do tempo o farenses tornaram-se mais rematadores, chegando à vantagem através duma grande penalidade já perto do intervalo.

Edinho, que neste jogo dispôs a equipa num 4x4x2 em losango, apenas trocou dois jogadores ao intervalo, promovendo as entradas de Filhó e Norberto na equipa. O Beira Mar que tinha em Nélson Afonseca uma das armas mais perigosas, poucas vezes respondeu à desvantagem, realçando apenas um remate de longe da equipa montegordina aos 52 minutos, o qual embateu no poste da baliza do Farense. Com as alterações na sua equipa de Monte Gordo foi perdendo alguma da coesão da equipa, aproveitando o Farense para assumir as rédeas de jogo, embora notando algum défice físico em unidades da frente. Seria já no termo da partida que o Farense dispararia no marcador, chegando a um resultado exagerado face ao que se viu em campo.

Jogo amigável de 90 minutos
Estádio de S. Luís (Faro)
Assistência: 150 espectadores
20 horas, 12/08/2009
Árbitro:
FARENSE 4-0 BEIRA MAR DE MONTEGORDO

(39 mn, por Bruno, na sequência dum lance duvidoso na área, após um cruzamento de Caras, Bruno sofre a alegada falta e assume a conversão da grande penalidade)
(81 mn, por Cannigia, numa exemplar marcação dum livre directo para junto do poste direito da baliza do pavilhão)
(86 mn, por Alemão, num remate do interior da área descaído um pouco pela direita)
(89 mn, por Justo, na sequência dum contra ataque da equipa farense, aproveitando algumas falhas na defesa contrária)

Farense: Edgar (1); Cannigia (7), Arlindo (6), Idalécio (27), Wilson (5); Quadros (8), Luís Afonso (13), Rodrigo (10), Caras (22), Alemão (9), Bruno (16). Treinador: Edinho
Jogaram ainda: David Justo (23), Norberto (20), Filhó (15) Oliveira (2)

2 comentários:

Anónimo disse...

amigo... so para deixar um elogio ao comentario do jogo...gostei imenso do que escreves-te o que para mim espelha o que se passou....deixar so uma atençao...o beira mar parece-me mais forte do que aquilo que mostrou...pois aquela equipa nao e a que vai jogar quase de certeza...estava tudo misturado!!! abraço

Alfredo Alfarroba disse...

Independência, já!