domingo, 6 de setembro de 2009

Afinal o "puto maravilha" não joga em Madrid, mas sim em Faro...

O Farense apresentou hoje os seus novos equipamentos de jogo

Disputou-se nesta tarde a primeira jornada da 3ª Divisão Série F, e com ela, ao contrário do ano transacto, o Farense conseguiu começar da melhor forma a prova, derrotando no seu estádio a equipa do Castrense por um resultado explícito e que até podia ser mas dilatado. Com um onze com cinco caras novas face à época passada, o Farense acabou por entrar bem na partida, marcando cedo, mas deixando para os últimos dez minutos o xeque-mate na partida, muito contribuindo para este desenlace o ex-júnior Álvarinho, autor de dois golos e responsável pelo penalty conquistado à passagem do oitenta minutos de jogo.


O jogo até começou numa toada morna, com o Farense a não forçar muito o andamento, perante um adversário na expectativa, mas que logo deu pare perceber que iria sentir dificuldades para impor o seu futebol a meio campo, face à pouca capacidade criativa e técnica dos seus jogadores. Por seu turno o Farense, um pouco mais afoito, foi feliz na forma como se adiantou no marcador, praticamente na primeira jogada de perigo, assistindo-se depois a uma reacção algo tímida dos forasteiros que apenas incomodavam Gonçalo nalguns remates de longe, ou desenquadrados com a baliza. E, se o Castro Verde não criava perigo relevante, seria Justo, à passagem dos vinte minutos a criar nova oportunidade com um remate forte que razou o poste da baliza defendia pela guardião Marco, contando-se ainda outra oportunidade semelhante, mas em que o extremo de Vila Real, chutou mal, acabando a bola por sobrar para a emenda de Álvaro que remataria deficientemente por cima do travessão. Era um Farense mais perigoso que se apresentava no relvado deteriorado do Estádio Algarve, mas que nos parecia algo lento na troca de bola, acomodando-se a um resultado perigoso e que trazia ainda algumas dores de cabeça aos adeptos locais na entrada para o intervalo.

Na segunda parte o figurino de jogo não se alterou muito, com os Leões de Faro a segurar o resultado, mas denotando alguma dificuldade no entrosamento no ataque, até porque Alemão, jogador com excelentes indicações, parecia muito só na frente e por vezes deambulava para os flancos perdendo a equipa, a sua referência de ataque na área. Edinho percebeu a situação e à passagem da hora de jogo, trocava Rodrigo por Bruno, ganhando mais uma unidade na área e depois fazendo entrar Norberto para o lugar de Justo, que já estava algo fatigado, fortificando o meio campo e inclinando de vez a balança do jogo para os Leões de Faro. Antes destas trocas já o Farense havia perdido duas hilariantes chances de golo, uma na sequência de um canto, e outra em que Álvarinho e Alemão foram incapazes de aproveitar um falhanço do guardião alentejano. Contudo a tendência de jogo estava bem marcada e seria o Farense a terminar a partida em muito bom plano, perante uma equipa de Castro Verde muito desgastada e impotente para segurar as arrancadas de Álvaro, Cannigia e as movimentações de Alemão ou Bruno, terminando o jogo num momento exibicional muito aceitável. Arbitragem positiva.

3ª Divisão Série F - 1ª Jornada
Estádio Algarve (Parque das Cidades)
Assistência: 600 espectadores
17 horas, 06/09/2009
Árbitro: Nuno Campos (Setúbal)
FARENSE 3-0 CASTRENSE

(14 mn, por Álvarinho, que é lançado desde o meio campo, isola-se e perante o guardião Marco, remate rasteiro para a sua direita, conferindo o primeiro golo da partida)
(81 mn, por Bruno, que converteu uma grande penalidade, conquistado por Álvarinho, após um excelente passe de Norberto que o isolou. Este correu, ganhou posição na área e quando ia chutar é carregado por um defesa alentejano)
(86 mn, por Álvarinho, numa fase de jogo de total desnorte adversário, Luís Afonso atrasa para a cabeça da área, onde o jovem jogador disfere um remate colocadíssimo ao ângulo superior direito da baliza sul. O melhor golo da partida)

Farense: Gonçalo; Cannigia, Ró-Ró, Idalécio, Caras; Quadros, Luís Afonso (Luís Lopes, 88mn), Rodrigo (Bruno, 60mn); Justo (Norberto, 73mn), Álvarinho, Alemão. Treinador: Edinho

1 comentário:

Anónimo disse...

A RÁDIO RESTAURAÇÃO FICA EM 102.03 e ESTÁ A FAZER OS RELATOS DOS JOGOS DO FARENSE.