quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Só maioria considerável de indecisos pode travar vitória de Macário Correia...

Foi hoje conhecida uma sondagem levada a cabo pelo Semanário "O Algarve" e a IPOM, resultado de 795 entrevistas.

E do resultado obtido podemos tirar duas conclusões, talvez algo contraditórias, mas ainda assim, alvo de reflexão... Primeiro porque Macário Correia, entre os 58,5 % dos eleitores que anunciaram o seu voto, obtém uma retumbante vitória com 49,91% dos votos, ao invés de José Apolinário que apenas consegue 33,33% dos votos, actual edil da autarquia farense. José Vitorino é também um dos grandes derrotados pois, face aos resultados apontados dificilmente chegará a vereador, com apenas 6,84% desses votos contabilizados, deixando ainda mais para trás o candidato da CDU, com apenas 2,74 % dos votos e de João Vasconcelos, do Bloco de Esquerda com 1,88%. Os votos brancos são de 5,3%.

Contudo, estes resultados não podem ser encarados desde já como seguros, pois, como referimos, ouve neste inquérito uma grande fatia que não expressou o seu sentido de voto, quase metade dos inquiridos, sendo a maior parte deles indecisos. Tal facto, pode mudar completamente a projecção apresentada, mas a verdade é que a tendência de voto é neste momento muito declarada a Macário Correia, que ao contrário do que muitos pensavam, não parece muito prejudicado pela divisão de votos com José Vitorino, anterior candidato do PSD à CMF, obtendo desta forma a maioria de vereadores (5) na autarquia farense.


Resultados da projecção (respostas totais):
  • Macário Correia (PSD/CDS/PPM/MPT/MIM) - 29,2 %
  • José Apolinário (PS) - 19,5%
  • José Vitorino (MCFC) - 4,0 %
  • António Mendonça (CDU) - 1,6%
  • João Vasconcelos (BE) - 1,1 %
  • Indecisos - 21,8%
  • Não responde - 12,3 %
  • Não vota - 7,3 %
  • Brancos - 3,1 %

Total - 795 inquéritos



Resultados da projecção (por respostas nos candidatos ou em branco):

  • Macário Correia (PSD/CDS/PPM/MPT/MIM) - 49,91 %
  • José Apolinário (PS) - 33,33%
  • José Vitorino (MCFC) - 6,84 %
  • António Mendonça (CDU) - 2,74%
  • João Vasconcelos (BE) - 1,88 %
  • Brancos - 5,3 %

Sem comentários: