segunda-feira, 2 de novembro de 2009

O último "Uivo" do Grande Mestre da Rádio...



Fiquei chocado ontem à hora de almoço, quando soube desta notícia... Ainda mais porque à bem pouco tempo, o meu pai deixou-me da mesma forma... As palavras são inúteis para exprimir os sentimentos de tão grande perda, e desta forma compreendo melhor as horas de aflição de todos os que o rodeavam naquela fatídica hora...

Neste caso, António Sérgio era um dos ícones vivos da expansão da rádio-rock(alternativa) em Portugal, aliando aos 59 nove anos uma juventude penetrante com uma voz que era um rasgo de trovão no éter radiofónico. Embora não fosse ouvinte assíduo dos seus programas, sei da importância da sua vida em prol da música e da rádio, e foi desta forma que acompanhei com revolta a sua dispensa da Rádio Comercial em 2007, terminado abruptamente um ciclo de 10 anos no programa "A Hora do Lobo"... Seria na altura, uma das últimas machadas da rádio em playlist sobre a rádio em directo, feita de improvisos e de muita comunicação e interacção com o ouvinte. António Sérgio resistiu, encontrou uma nova etapa na Radar FM, mas ontem o coração traiu-o... E já não houve remédio para continuar a sua aventura...

Os meus sentidos pêsames à família.

P.S. - às 22 horas de hoje, está no ar na RadarFM a última emissão (inédita) de Viriato 25, programa da Radar, por António Sérgio.

Sem comentários: