quarta-feira, 28 de julho de 2010

Leão Farense a(nulo)u velhos Rivais!



As Notas do Farense 0-0 Olhanense


Notas Positivas:


  • Perante um adversário duas divisões acima e com mais três semanas de treinos, o Farense exibiu-se tenazmente e demonstrou uma assinalável coesão defensiva e boa organização a meio campo, anulando grande parte das iniciativas de jogo do Olhanense.

  • Para as exibições dos estreantes Serrão, Mamadou, Tiago Sousa, Juan Pablo, Kéu que demonstraram ser mais valias face ao passado. De Serrão, guarda redes podemos observar elasticidade, segurança e sobriedade na baliza, enquanto Tiago Sousa acompanhou bem o central Mamadou, que esteve em destaque efectuando alguns cortes preciosos, pertencendo a ele umas das melhores oportunidades do Farense, na primeira parte. Por fim Juan Pablo mostra ser uma mais valia pela sua polivalência nas laterais, mas principalmente pela capacidade defensiva, técnica e mental demonstrada, bem como Kéu, um jogador rápido e trabalhador.

  • Para a condição física dos jogadores farenses, que apesar dos treinos bi-diários e de apenas terem nas pernas uma semana de treinos, responderam muito bem perante um adversário muito melhor preparado na vertente física, mas que foi incapaz de ultrapassar em bolas corridas a coesão da equipa da capital algarvia.

  • Para a afluência de público ao São Luís, num final de tarde muito quente, mas que não impediu que cerca de mil pessoas assistissem a uma partida globalmente competitiva, recheada de picardias entre as duas claques rivais.


Notas Negativas:


  • Para a exibição do Olhanense. Embora jogando na maior parte do tempo no meio campo farense, os rubro negros causavam perigo essencialmente em jogadas de bola parada, evidenciando problemas na construção de jogo atacante. A duas semanas do inicio da Liga Zon Sagres, trata-se de um sintoma preocupante para um dos representantes algarvios na competição maior do nosso futebol.
  • Para o "banco" do Farense. Iniciando a partida com os melhores jogadores disponíveis, Joaquim Mendes foi obrigado a rodar tardiamente a equipa face qualidade e alguma inexperiencia das segundas linhas da equipa farense. Sente-se a falta de um bom central para "apertar" Mamadou e Tiago Sousa, bem como dum bom médio ofensivo, e quiçá um avançado com características diferentes às de Kéu.

Sem comentários: