terça-feira, 21 de julho de 2009

Farense apresentou plantel à imprensa

TREINOS COMEÇAM HOJE TERÇA-FEIRA E APRESENTAÇÃO AOS SÓCIOS É DIA 1 - FRENTE AO OLHANENSE

O Sporting Clube Farense apresentou esta segunda-feira à Comunicação Social o plantel com que vai arrancar a pré-temporada visando a sua participação no Nacional da III Divisão – Série F. Os responsáveis dos "leões" de Faro dizem que o objectivo é a manutenção, mas, porque "o Farense é o Farense", se a oportunidade da subida surgir...

Do plantel da época passada transitam 11 jogadores: Gonçalo (guarda-redes), Caras, Cannígia, Arlindo, Toni. (defesas), Norberto, David Justo, Paulinho, Luís Afonso (médios), Pintassilgo e Bruno (avançados).Quanto a reforços, o técnico Edinho já pode contar com o guarda-redes Edgar (ex-Campinense), com os defesas Luís Lopes (ex-Campinense), Filhó (ex-Campinense) e Idalécio (ex-Louletano), os médios Rodrigo (ex-Louletano), Vítor Quadros (ex-Silves) e o dianteiro Alemão (jogador que actuava em Inglaterra).

Da equipa juniores foram promovidos o guarda-redes Zé Afonso, os defesas Ró-Ró e Pedro Correia e o médio Alvarinho. Uma particularidade: dos 21 jogadores anunciados, 19 deles passaram pelos escalões de formação do clube da capital algarvia.
Edinho, que foi adjunto de Barão, passa a treinador principal contando como adjuntos com Pedro Benje e Costa, que defendeu a baliza do Farense nas últimas duas épocas, tendo pendurado agora as chuteiras. O plantel ainda não está fechado, já que vão estar vários jogadores à experiência nas primeiras semanas de trabalho, bem como existem ainda contactos estabelecidos para a contratação de alguns jogadores, nomeadamente para o sector atacante. O Presidente António Barão garante que o objectivo principal “é a permanência, mas jamais deixaremos de espreitar a possibilidade de subirmos à 2ª Divisão Nacional”.

Presente na apresentação à Imprensa, o presidente da Câmara Municipal de Faro, José Apolinário, o qual garantiu a todos que a autarquia irá continuar a dar todo o apoio ao Farense, independentemente de qual seja o resultado das próximas eleições praticamente. Também o presidente da Assembleia Geral Carlos Pereira esteve presente, tendo apelado ao sentir da mística Farense.

Dirigindo-se aos jogadores, Carlos Pereira, antigo jogador e ex-presidente da SAD, realçou a responsabilidade que é e o significado que tem a camisola e o emblema do Farense. “Vocês vão senti-la bem fundo. Porque o Farense é um clube com história. O maior do Algarve." Outra presença foi a de Aníbal Guerreiro, antigo dirigente do Farense e um dos maiores empresários de Faro e do Algarve, bem como grande apoiante do clube da capital algarvia. “O Farense tem de voltar a ocupar o lugar a que tem direito. E esse é na I Liga”, afirmou, prometendo continuar a apoiar o Farense.

Apresentação dia 1 frente ao Olhanense
A pré-temporada já está definida, até porque o campeonato vai começar no primeiro domingo de Setembro, mas antes, a 30 de Agosto, tem lugar a 1ª eliminatória da Taça de Portugal, já estando marcados alguns jogos de preparação, o um dos quais no dia 5 de Agosto, pelas 20 horas no Estádio de São Luís frente à equipa do Almancilense. A apresentação aos sócios será no dia 1 de Agosto no S. Luís, contra o SC Olhanense. Durante o período que antecede o início do Campeonato, o Farense realizará ainda outros 3 particulares mas que não serão ainda divulgados por os adversários não estarem confirmados.

Plantel:
Guarda-redes: Gonçalo, Edgar (ex-Campinense) e Zé Gomez (ex-junior);
Defesas: Caras, Cannígia, Arlindo, Toni, Filhó (ex-Campinense), Ró Ró (ex-júnior), Luís Lopes (ex-Campinense) e Idalécio (ex-Louletano);
Médios: Norberto, Justo, Paulinho, Luís Afonso (médios), Alvarinho (ex-junior), Rodrigo (ex-Louletano) e Vítor Quadros (ex-Silves);
Avançados: Bruno, Pintassilgo, e Alemão (actuou em Inglaterra).
Treinador: Edinho; Adjuntos: Pedro Benje e Costa.

Departamento de Futebol: António Barão (Presidente), Filipe Pedro (Vice-Presidente), Fernando Mendes (Vice-presidente e Director Desportivo), Ricardo Mendes (Director de apoio ao futebol sénior.

Restantes elementos da Direcção: Vice-presidentes: Daniel Nascimento (Amadoras), José Martins (Gabinete de Imprensa e Marketing), Nuno Martins (Marketing). Directores: Carlos Susana (apoio às amadoras), Manuel Martins (futebol de Formação), Pedro Gil (Marketing), Paulo Roque (Futebol de Formação e logística), Marta Martins (Tesoureira), Carlos Encarnação (secretário), Hugo Costa e Francisco Pinto.

In AlgarvePress por José Mealha

3 comentários:

M4R disse...

Em relação a esta noticia não posso deixar de solicitar as seguintes correcções:
1) o jogador Toni não é defesa, mas sim avançado;
2) O Guarda-redes Zé (ex-Junior), não se chama Zé Afonso, mas sim Zé Gomez.
3) O Pedro Correio e o Ró-Ró são o mesmo jogador, Ró-Ró é alcunha, pelo que o nome está repetido.

Por favor corrijam estes erros.

SamM disse...

Caro M4R,

Agradeço a atenção ao artigo, mas como se apercebeu trata-se duma transcrição dum jornal regional.

Reconheço 2 lapsos no artigo, mas quanto à situação do Toni, não sendo ele um defesa de origem, no ano passado foi utilizado, não raras vezes nessa posição... Por isso, talvez se perceba a inclusão do jogador nessa posição do terreno.

Saudações Desportivas

Anónimo disse...

Ao gabinete de imprensa, aqui lanço um recado de um familiar (tio) de um atleta ex-junior para o ex-director desportivo, ex-treinador e actual presidente do farense:

-Digo-vos com toda a sinceridade porque já fui treinador de futebol ao qual censuro o procedimento da anterior direcção, bem como a actual direcção, na maneira como trataram os ex-juniores, muitos deles formados neste clube desde os infantis e viram-se de um momento para o outro desprezados, sem ter havido uma palavra de conforto e gratidão pelo esforço e glória, com que envergaram a camisola da sua terra e ainda um agradecimento pelos êxitos alcançados, sendo esta a melhor fornada da ultima decada!

Não era preciso almoços, nem lanches ou jantares para se efectuar uma reunião com todos os miudos que acabaram a sua formação, dando-lhes a entender que nem todos podem ser promovidos e ao mesmo tempo desejar-lhes felicidades e agradecendo o empenho que tiveram durante a sua formação e prestação em representação este emblema!

Acho que era o minimo que poderiam fazer, mas não, promoveram 3 ou 4 juniores ( aos quais desejo-lhes desde já, boa sorte e sucesso) e os outros foram pura e simplesmente ignorados!

Fica aqui o recado e uma regra/procedimento, de como se deve tratar miudos nesta dificil fase transitória ao depositarem muita ilusão e ambição na sua carreira de futebolista!