segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Autárquicas/Faro: Macário promete apoios a tempo e horas

A cerca de sete meses das eleições autárquicas a pré campanha eleitoral já iniciou. O candidato PSD a Faro, Macário Correia, começa pelas colectividades do concelho. Diz que os apoios serão pagos a tempo e horas.

Em comunicado de campanha, o candidato diz que “o que acontece actualmente em Faro constitui uma vergonha para a Administração Pública”, com a Autarquia a pagar às colectividades com um atraso de “dois anos”, e que isso provoca “situações dramáticas e injustas”.

Para o ainda presidente da Câmara de Tavira, os clubes desportivos e as associações culturais “desempenham relevantes funções de interesse público”, pelo que os municípios “devem ter reconhecimento e respeito pela acção dessas colectividades”.

“Temos uma proposta diferente”, diz, e tudo passa por “aperfeiçoar dois regulamentos”, um ligado ao desporto e outro à cultura, com “critérios rigorosos, nomeadamente, número de praticantes, escalões, recursos próprios, associados, níveis de formação etc”.

“Com base nestes parâmetros devem-se atribuir os subsídios anuais até final do 1.º trimestre de cada ano, sendo depois pago em quatro prestações trimestrais ao longo do ano, sempre na mesma altura e sem atrasos”, defende Macário Correia.

O candidato sublinha que assim se pratica noutros municípios e que “também se deve fazer o mesmo em Faro”..
Remata: “Assim será no próximo ano!”.
Na globalidade concordo com o que anuncia o gabinete de imprensa da candidatura de Macário Correia à Câmara de Faro, mas para uma melhor avaliação teria que conhecer os critérios, o que à data não está especificado... É natural que assim seja pois ainda estamos numa fase muito embrionária do projecto de Macário e para além do mais, nem ele próprio sabe o verdadeiro estado da finanças da autarquia farense... Por isso, acredito que tudo não passam de boas intenções que serão ignoradas no futuro. Além do mais como pode Macário prometer isto se o Estado muitas vezes é o próprio a se atrasar com os pagamentos às entidades? Por fim, e é disto que todos ansiamos resposta, nada é explícito quanto às intenções de Macário Correia em relação ao futuro so SC Farense, indiscutivelmente a maior colectividade desportiva do Concelho. Será que o que afirmou à uns anos, aquando do aparecimento do Algarve United, ainda se mantêm de pé? Espero bem que não...

Sem comentários: