segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

O Fim de Semana Desportivo em Análise - Época 2008/2009

Fim de semana globalmente positivo para as cores alvinegras do SC Farense. Comecemos pela equipa sénior e pelo bom resultado e exibição alcançados ontem diante do terceiro classificado, Pescadores da Costa da Caparica. A já dissecada vitória permitiu ao Farense aproximar-se mais da frente, mais concretamente do Juventude de Évora e do Pescadores, aumentando ainda a margem para quatro pontos sobre o sétimo classificado, isto a cinco jornadas do termo da primeira fase. Os Juniores descansaram nesta jornada, e passando directamente para os Juvenis, destacamos o regresso às vitórias da equipa A, que bateu copiosamente o Gin. Tavira por 5-0 na Penha, e ascendendo assim ao segundo lugar, estando a um ponto do líder Internacional de Almancil. Também a equipa B esteve bem e cumpriu a sua missão tendo goleado o Monchiquense na serra por 1-4. Nos Iniciados o Farense mantêm a sua irregular campanha e acumula 18 pontos em 14 jogos, tendo nesta jornada sido derrotado por 4-1 em Vila Real de Santo António. Notas finais para os Infantis A e B, que, respectivamente bateram o Internacional de Almancil por 4-2 e 10-2, enquanto as Escolas A saíram derrotadas do jogo com o Louletano por 5-4.

Voltemos à Terceira Divisão e ao derby louletano disputado ontem, entre Campinense e Louletano, terminando com a vitória dos comandados de Manuel Balela por 0-1, o que os vai afastando cada vez mais da concorrência ainda que estejam no segundo lugar da tabela. Por seu turno o Campinense de Ivo Soares, apesar dalgumas melhorias continua no fundo da tabela e ainda não conseguiu dar salto que lhe permita respirar melhor... Numa jornada francamente negativa para os outro conjuntos algarvios, destaque para o debilitado Silves de Tedu que roubou dois pontos ao Barreirense na sequência do nulo em Silves. Este resultado que pouco ajuda os homens do Barlavento, foi positivo para o Farense que assim viu o perseguidor perder terreno. No Messinense a chicotada psicológica também não surtiu efeito com a derrota no campo do rival directo Castrense por 2-0 a deixar os algarvios cada vez mais desesperados no fundo da classificação. A verdade é que os últimos quatro lugares são ocupados por equipas algarvias, sendo do Quarteirense a situação menos complicada mas ainda assim grave. Este fim de semana, os pupilos de Luís Resende foram goleados em Évora por 4-1 pelo Lusitano e preparam-se agora receber o Farense, num jogo que promete ser emocionante e renhido.

Na Segunda B tivemos uma jornada negativa para os algarvios. Pior está o Beira Mar, que nesta sua época de estreia, começou bem mas está agora em queda livre, não vencendo à sete jogos e ocupando agora o ultimo lugar com 21 pontos já a 4 pontos das equipas mais próximas. A uma jornada do fim da primeira fase, o Beira Mar é agora o principal candidato a regressar à terceira divisão após a derrota caseira 1-2 com o Real de Massamá. Enquanto isso, o Lagoa não fez jus ao lugar que ocupava no cimo da tabela, mas beneficiou dos desaires dos perseguidores Carregado e Pinhalnovense para se manter na liderança não obstante a derrota caseira por 1-2 diante do Olivais e Moscavide.

Finalmente na Liga Vitalis, regressaram os sorrisos às hostes algarvias... Depois de algumas jornadas de desespero de tristeza, tanto Portimonense como Olhanense trouxeram resultados positivos, ainda por cima em jogos fora de portas, lá no norte do país. Destaque para o Portimonense que foi ao Bessa ganhar 0-1 na estreia de Lito Vidigal e assim cavou um fosso de sete pontos para a linha de água, ainda que permaneça na mesma posição. Já o Olhanense trouxe um ponto da deslocação a Vizela, o que não sendo um excelente resultado, acaba por ser positivo pois manteve o Olhanense no segundo posto, face aos deslizes alheios e quebrou assim a série de derrotas, tendo agora no próximo jogo em casa uma oportunidade de ouro para se reconciliar com os seus adeptos.

Sem comentários: