domingo, 17 de agosto de 2008

Farense vence e deixa boa imagem em Espanha

Na tarde/noite de ontem, o Farense disputou a sua última partida de preparação para a temporada e desta feita em território estrangeiro, aproveitando a oportunidade para projectar o nome do Clube na Andaluzia, em virtude da boa imagem deixada pela equipa e também pela boa representação da claque South Side Boys que mais uma vez proclamou a grandeza dos Leões de Faro pelos sítios onde o Farense joga, ainda que estivessem em larga minoria relativamente aos adeptos espanhóis.
Encontrámos em Ayamonte uma infra estrutura nova, que incorpora para além do relvado para o futebol (e atletismo), equipamentos contíguos para a prática de atletismo, o que permite a funcionalidade do estádio, prejudicando um pouco a visibilidade do espectador, em virtude da pista que separa as bancadas do relvado.
E foi nesse relvado amplo e em excelentes condições que se apresentou o Farense, perante um equipa do Ayamonte que tentou de certo modo iniciar a partida sem grandes preocupações, numa partida, que sem ser jogada a grande velocidade, estava a ser agradável nos primeiros instantes, sendo o equilíbrio a nota dominante. Contudo, o Farense assenhorou-se do jogo, e sem imprimir um ritmo alucinante, conseguiu de certa forma empurrar o Ayamonte para o seu meio campo, desenvolvendo jogadas interessantes, em transições rápidas à procura dos alas que estiveram em nível muito aceitável, obra também da entreajuda a meio campo que proporcionou a recuperação de bolas que rapidamente eram colocadas na frente. Embora sem ter muitas chances de golo, percebia-se que seria o Farense a inaugurar o marcador, o que aconteceu com justiça, a meio da primeira parte num grande golo de David Justo, permitindo ao Farense obter outra tranquilidade e confiança para resto da partida. Neste ultimo jogo de preparação, Jorge Portela apresentaria um onze que se manteve em campo mais tempo que das outras vezes, mas pareceu-nos que 2/3 jogadores potenciais titulares foram poupados, casos de Luís Afonso, Brasa, Della Pasqua ou mesmo Edinho, situação que não invalidou a boa exibição da equipa, essencialmente na primeira parte.

Na segunda parte, a equipa da casa fez o seu papel, dado que estava a ser derrotada por duas bolas ao intervalo e quereria mostrar aos seus adeptos e associados outra face. Mas nem sempre o fez com o melhor discernimento e dinâmica, tendo o Farense controlado a partida defensivamente, com um ou outro calafrio o que é perfeitamente natural. Os adeptos locais ainda acreditaram no empate, na sequência do golo andaluz, fruto dum remate de fora da área, mas o Farense soube controlar bem a partida, tendo Portela a partir dessa altura mexido mais na equipa para refrescar o meio campo. Em resumo, vitória justa dos Leões de Faro, numa jornada agradável de futebol, em que arbitragem também esteve em plano aceitável.

Ficha de Jogo: Estádio Municipal Blas Infante (Ayamonte, Andaluzia, Espanha)
20h30 (hora espanhola), 16/08/2008
Assistência: 500 espectadores
AYAMONTE 1-2 FARENSE


(24 mn, por David Justo, boa subida de Duarte pela esquerda, tirando um bom cruzamento para Bruno que falha por pouco o cabeceamento. A bola sobra para o lado contrário, onde aparece Justo, junto da quina direita da área a desferir um excelente pontapé que se aloja junto do canto superior direito da baliza andaluz)
(35 mn, por Bruno, na sequência dum cruzamento rasteiro de Justo na direita, o guarda redes e o defesa andaluz não conseguem aliviar a bola e Bruno, muito oportuno, dentro da pequena área conclui facilmente a jogada)
(71 mn, por Guille, num remate colocado dentro da meia lua dum jogador andaluz, reduzindo aí a diferença)

Farense: Kula; Cannigia, Ruí Graça, Wilson, Duarte; Arlindo, Barão, Everson; David Justo, Paulinho, Bruno. Treinador: Jorge Portela
Jogaram na segunda parte: Luís Afonso, Né, Edinho, Caras, Della Pasqua, Andrezinho, Amílcar e Brasa.

Sem comentários: