segunda-feira, 27 de abril de 2009

Nova E.N. 125 - Projecto para mudar o Algarve...

Lance de estrada que ligará a zona do Escuro (Faro) ao Rio Seco, projecto integrado no consórcio Algarve LitoralFoi apresentado no dia de ontem, com pompa e circunstância, o novo contrato de concessão para requalificação e manutenção da EN 125, a famosa "Avenida do Algarve" que no presente, está na sua globalidade degradada e desajustada à realidade económica e viária que a região algarvia carece. Ontem, no Teatro Municipal de Faro, o primeiro ministro José Sócrates e Mário Lino, ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, apontaram o projecto como dinamizador da economia algarvia e catalisador de 7.000 postos de trabalho, conjugando ainda o facto de oferecer maior segurança para os seus utilizadores.
Estou certo de que esta intervenção era precisa à mais tempo, e apesar de não me agradar todo este circo montado acerca do início das obras, vejo nele uma medida acertada. Contudo há dois reparos que não posso deixar passar em claro:

  • Estarei atento à qualidade e métodos envolvidos pela empresa vencedora do concurso, que como se sabe o venceu com um largo benefício económico para o Estado, em relação às outras propostas sobre a mesa. Um tão grande diferencial de preços não é obra do acaso... Mas aguardemos. Para já dou-lhes o benefício da dúvida.
  • Por outro lado, não me sai da cabeça, que logo que a requalificação esteja terminada, o passo mais lógico seja a colocação de Portagens na única Auto Estrada que cobre na globalidade a região, a Via Infante Sagres. Tal situação, terá claros prejuízos para o Algarve, pois entupirá ainda mais a EN125, que mesmo melhorada não dará melhores condições do que agora, se tal situação acontecer... Espero estar enganado, mas esta decisão da colocação de portagens é uma situação mais que certa, mas adiada no tempo, por forma a não criar grandes ondas no contentamento da população...

Sem comentários: