terça-feira, 7 de abril de 2009

Tudo na mesma, sabemos nós...

Na conferência de imprensa realizada durante o rally de Portugal, o presidente da Federação Internacional do Automóvel (FIA), Max Mosley afirmou que a possibilidade de Portugal, e neste caso Portimão receber o grande circo da Formula, não é irreal e que está á distância dum acordo comercial com o detentor dos direitos de exploração da F1, o britânico Bernnie Ecclestone. Acho curioso, como os meios de comunicação portugueses deram ênfase às declarações de Max Mosley...

Ora o que ele disse, foi o que todos já sabemos, ou seja, que o dinheiro e interesses comerciais é que mandam nestas coisas e que se Portugal quer a prova têm que se mexer! Tudo isto já qualquer pessoa atenta sabia, mas mesmo assim houve que fizesse disso uma grande abertura de Mosley para as negociações... Pois se Portugal, e o Algarve em particular querem a prova saberão que terão que desembolsar uma verba estimada em 25 milhões de dólares, cerca de 18/20 milhões de euros, valor considerável dada a conjuntura económica no país e para o qual o Estado sempre torceu a nariz...

Além do mais, perante o cenário de crise mundial, é natural que Mosley queira promover o seu produto, pois quanto mais interessados houver em entrar na organização de provas, mais poderá Bernnie Ecclestone levantar a fasquia com eventuais interessados.

Sem comentários: