sexta-feira, 15 de outubro de 2010

AAUALG acusa GNR de Faro de “Caça à Multa”




As queixas já chegaram aos ouvidos de Macário Correia. A Associação Académica da Universidade do Algarve (AAUAlg) considera “lamentável” o “cerco apertado ao estacionamento em Gambelas”. A GNR garante não ter estudantes como alvo. Os estudantes exigem mais acessibilidades, estacionamento e transportes.


Esta quarta-feira, Guilherme Portada, presidente da AAUAlg, queixou-se ao presidente da Câmara de Faro “da presença recorrente dos agentes da GNR, desde o dia 7 de Outubro, na zona envolvente ao Campus de Gambelas, com o único intuito de multar e bloquear as viaturas, que na sua grande maioria são dos estudantes universitários”, fez saber a associação em comunicado.

A AAUAlg classifica de “lamentável” a acção da GNR no local, “visto esta zona, mesmo que cada vez mais habitada, ter poucas alternativas de estacionamento e os estudantes universitários terem de estacionar nesse espaço”.

A GNR de Faro, contactada pelo Canal UP, admite, pela voz do Major Luís Sequeira, que tenha havido um aumento dos autos levantados no local. “Imediatamente antes da data que indicam - tomando por boa essa data -, foram desenvolvidas acções de sensibilização da GNR, naquela zona, sobre a matéria”, garante. “É natural que, depois disso, tenha havido um número mais elevado de contra-ordenações por estacionamento irregular”.

A GNR não estranha, assim, que os estudantes tenham “sentido” a situação e que procurem junto da câmara “soluções com vista a resolver o problema”. Luís Sequeira garante que o problema é com a zona e não com um grupo de pessoas em particular: “não é uma acção dirigida aos estudantes, até porque há outros utentes na zona”.

AAUAlg reivindica mais estacionamento

A estrutura aproveitou para reforçar algumas reivindicações. Pedem mais zonas de estacionamento em redor dos campi da universidade (especialmente de Gambelas e da Penha). Horários e rede de transportes públicos de Faro mais alargados – “louvando o alargamento já efectuado até às 22.30 no ligação Gambelas – Faro”. Pedem ainda uma ciclovia entre Faro e Gambelas.


In Canal UP




Depois da rábula da recepção ao caloiro, chego à conclusão que nesta cidade os estudantes são uns mártires... Lendo o artigo ressalvo a necessidade de se construir uma ciclovia entre Faro e Gambelas, pena que este pedido de Guilherme Portada chegue com pouco mais de um ano de atraso!

1 comentário:

Jorge Esberard disse...

Dir-se-ia que a UALG anda com mala-pata,Coitados dos "nossos"estudantes,agora por tudo e por nada sentem-se perseguidos!Ou será mesmo mania da perseguição?Não ficaria melhor que fossem mais modestos e mais discretos?Será que não anda aqui gato escondido com rabo de fora?O que é que andarão a engendrar...Talvez justificação para mais uma "investida" em grande pose contra o Presidente da CMF?...Cabecinhas pensadoras!Vá lá,tenham juízinho e estudem!
E vai daqui um abraço de um FARENSE céptico quanto ao v/sucesso enquanto universitários(leia-se,bons estudantes).Felizmente que num universo de 10.000 estudantes,há uma minoria-p'ra aí uns 400-que,infelizmente se encaixam na minha apreciação depreciativa.Mas faço votos que dentro de poucos meses mude de opinião.
Jorge Esberard