terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Duas casas desabitadas em risco de derrocada na Praia de Faro


Duas casas desabitadas na zona Poente da Praia de Faro, no Algarve, estão em risco de derrocada após terem sido atingidas pela forte ondulação durante a madrugada de hoje, disse à Lusa fonte da Autoridade Marítima.

As habitações número 85 e 86, situadas na primeira linha de costa e que já tinham sido fustigadas pelo mau tempo no passado Inverno, situam-se numa zona de Domínio Público Marítimo.

As marés vivas e a forte ondulação de Sul, com ondas que atingiram uma altura de quatro a cinco metros, terão contribuído hoje de madrugada para a degradação das casas, separadas do mar apenas por alguns rochedos.

A Polícia Marítima está a acompanhar a situação e vai deslocar para o local uma equipa, durante a tarde, altura para a qual está prevista a próxima preia-mar (o nível mais alto a que a maré sobe), disse a mesma fonte.

A situação foi também comunicada à Administração da Região Hidrográfica do Algarve (ARH) do Algarve, que irá decidir se é necessário avançar com alguma intervenção e remeteu esclarecimentos sobre o assunto para mais tarde.

Em declarações à Lusa, fonte da Câmara de Faro afirmou por enquanto não haver necessidade de intervenção da Proteção Civil, embora as equipas estejam disponíveis para colaborar com a Polícia Marítima.

In O Algarve


Obrigado POLIS....

Sem comentários: