sexta-feira, 28 de maio de 2010

Sebastien Ogier (Citroen C4) vence etapa 1 e vai abrir caminho para duelo infernal este sábado

Sebastien Ogier na PEC 6 - ourique Foto Algarve Farense



Disputou-se hoje a primeira etapa do WRC Vodafone Rally de Portugal, com as duplas passagens pelos troços de Santa Clara Ourique e Silves, saindo como líder para o duríssimo dia de amanhã o francês da equipa júnior da Citroen, Sebastien Ogier.


O piloto francês foi o homem lançado por Olivier Quesnel, director desportivo da equipa Citroen para limpar a estrada amanhã, dia que promete ser bem mais duro do que o de hoje, em virtude do piso duro e carregado de xisto nos troços do Vascão e S.Brás. Mas o facto é, que não basta querer, pois o míudo da Citroen tem mesmo enormes qualidades e não se fez rogado, aproveitando o facto de hoje ser apenas o quarto piloto na estrada, para ganhar cinco dos seis troços em disputa, acumulando uma vantagem de 26,6 segundos para o espanhol Dani Sordo, o segundo piloto da equipa oficial da Citroen, o único que conseguiu acompanhar Ogier na liderança do rally, perdendo um pouco a embalagem na ultima especial do dia, em Silves, onde perdeu 18,1 segundos.



No terceiro posto está o hexacampeão do mundo, "o Michael Schumacher dos rallyes" , Sebastien Loeb, que embora não tenho ganho nenhuma PEC no dia de hoje, não se afastou consideravelmente liderança e geriu o facto de ser o homem a abrir a estrada, limpando-a para os adversários, estando a 44,8 segundos de Ogier, mas em boas condições de lutar amanhã com Mirko Hirvonen, o primeiro piloto da Ford e rival na luta pelo título mundial, que o segue no quatro posto a 2.1 segundos. O facto é que o piloto da Ford, hoje geriu cirurgicamente a corrida, mantendo uma diferença mínima para o favorito (Loeb), mas partindo atrás dele amanhã, e deixando essa permissa a seu favor na luta pela vitória.


Perto deste duo está Peter Solberg, ex-campeão mundial, a tripular outro Citroen C4 mas numa equipa privada. Este norueguês esteve muito bem ao longo da prova, junto de Ogier e Sordo mas um furo nos últimos troços da tarde obrigou a perder preciosos segundos mas não encerrando de vês as hipóteses pela vitória.


Quase obrigado a comer a gravilha está Jari Mari Latvala, segundo piloto da Ford, que não entrou bem na corrida e teve problemas com a degradação precoce dos seus pneus, estando já a 1.20 segundos da liderança, tendo que arriscar muito amanhã para se poder chegar à frente.


Quanto aos portugueses, a vantagem vai para Armindo Araújo (22º lugar a 8.02.0 segundos do líder), que vai fazendo uma corrida calculista, em virtude do seu troféu do PWRC não ter efeito em Portugal, o que não o impede de estar à frente de Bernardo Sousa, num Ford Fiesta S2000 (24º Lugar a 8.42.9 segundos) e de Vítor Pascoal (30º a 12.22.5 segundos).


A luta promete ter o seu clímax amanhá, quando os pilotos enfrentarão três duros e perigosos troços, em Almodôvar, Vascão e S. Brás de Alportel, e onde se jogará muito na decisão da prova.


Lá estaremos!


Mais informações em: http://www.rallydeportugal.pt/

Sem comentários: