domingo, 2 de janeiro de 2011

Algarvio Ruben Faria vence primeira etapa do Dakar 2011 nas motos mas penalização deixa-o em segundo...


O piloto algarvio Ruben Faria (KTM) venceu hoje a categoria de motos da primeira etapa do rali todo-o-terreno Dakar, disputada entre as cidades argentinas de Victoria e Córdoba.

Ruben Faria superou o seu companheiro de equipa, o francês Cyril Despres (KTM), 2º classificado e detentor do títulos, por 29 segundos, enquanto o espanhol Marc Coma (KTM) foi 3º a 1.15 minutos do português.

O piloto português levou 1:58.02 horas a cumprir os 192 quilómetros cronometrados da etapa, num dia igualmente positivo para Paulo Gonçalves (BMW), 5º a 2.18 minutos do seu compatriota, e Hélder Rodrigues (Yamaha), que foi 11º com mais 4.57.

Na 1ª etapa desta edição do Dakar, inicialmente toda a caravana teve que cumprir uma longa ligação com mais de 560 quilómetros, semelhante em parte ao percurso realizado no dia de ontem, mas às 10 horas da manhã locais foi finalmente dada ordem de partida aos concorrentes.

A especial, com pouco mais de 190 quilómetros de extensão, utilizou secções rápidas na sua fase inicial, bem ao gosto de Ruben Faria, que pôde assim aplicar toda a técnica da sua condução para destacar-se desde os primeiros quilómetros e atingir a primeira posição no final desta especial de abertura.

Consegui imprimir um bom ritmo desde o início até ao final da especial. Era uma especial muito semelhante ao que estou habituado a encontrar em Portugal e estou muito contente por ter conseguido no final o melhor tempo. A especial adequava-se ao meu estilo de condução e senti-me muito confortável com a nova 450 e acabei por conseguir superiorizar-me a pilotos com estilos de condução muito diferentes. É um bom ponto de referência nesta fase inicial da prova e no final fiquei ainda mais satisfeito por saber que o Cyril conseguiu a segunda posição”.

Bastante à vontade neste tipo de especial, o piloto de Olhão era já segundo na classificação à passagem pelo primeiro CP, atrás de Cyril Després, posição que manteve até ao CP6, a poucos quilómetros do final da especial, quando definitivamente assumiu a liderança para terminar o dia com 29 segundos de vantagem sobre o seu ‘chefe de fila’, o vencedor em 2010.

Depois de vencer a derradeira especial do Dakar 2010, então aos comandos da KTM Rallye 690, Ruben Faria torna-se assim no primeiro piloto a oferecer uma vitória à nova KTM Rallye 450 no Dakar.

Amanhã, Ruben Faria parte na frente para a segunda etapa, que integra uma especial totalmente nova e com 324 quilómetros de extensão.


Classificação Geral (após a 1ª etapa)

1º Ruben Faria – KTM com 1h58m02s
2º Cyril Després – KTM a 00.29s
3º Marc Coma – KTM a 01m15s
4º Juan Pedrero – KTM a 02m13s
5º Paulo Gonçalves – BMW a 02m18s
(...)
11º Helder Rodrigues - Yamaha

In Barlavento Online

Actualizado a 03/01/2011...

Contudo uma estranha penalização de um minuto a 80 concorrentes, devido a alegado excesso de velocidade em zona controlada, tirou o primeiro lugar ao piloto olhanense.



E o Ruben não desiludiu... A correr a milhares de kilíometros do seu Algarve, impôs se aos grandesa favoritos da prova, ele que acima de tudo vai estar na corrida com a missão de fazer equipa com Cyril Després, o chefe de fila... Uma pena! Porque arte e garra para vencer ele têm.

Sem comentários: