domingo, 23 de janeiro de 2011

Não nos deixam votar!!


Em duas palavras "Escândalo e Desleixo"!!

Quem tem Cartão de Cidadão e hoje se deslocou à mesa de voto habitual, consoante o número de eleitor que tinha nos anteriores cartões, foi hoje barrado no direito de exercer o seu direito cívico e democrático de eleger o seu Presidente para Portugal.

Isto porque, mesmo para os mais cuidadosos, que atenderam ao conselho dado na Loja do Cidadão, aquando da emissão do cartão do cidadão, e traziam consigo o antigo cartão de eleitor para consulta do respectivo número, não puderam votar pois os números de eleitor foram alterados sem aviso para um tal de "número de recenseamento"...


Incrível, como se sabendo deste problema, nem a Comissão Nacional de Eleições e a própria Comunicação Social, neste período de campanha eleitoral se preocuparam com o caso, gastando milhares na promoção das eleições presidenciais, na necessidade de ir votar e depois ignoraram este procedimento indispensável para que os portugueses pudessem exercer o seu direito.


Na secção de voto, na escola da Penha, na manhã de hoje, o descontentamento era visível nalguns semblantes e não disponíveis para aguardar pela resposta via SMS ao novo numero de recenseamento, muitos foram para casa insatisfeitos com a organização do nosso País. Mas o mais engraçado é que à hora que vos escrevo, aguardo à duas horas pela resposta à SMS, a qual era pressuposto ter uma resposta imediata...


É o país que temos... Viva Portugal!

4 comentários:

Anónimo disse...

O único número que consta dos cadernos eleitorais é o do cartão antigo. É o que eu utilizei hoje e votei com esse número. Não sei de onde vem essa coisa do nº de recenseamento. Comodismo palerma...

SamM disse...

Pois meu caro, o facto é que pessoas da minha familia levaram o cartao antigo, e tal como muitas outras na mesma secção, os numeros tinham sido alterados...

Aliás, parece que no resto do país está a haver o mesmo problema...

http://www.jn.pt/eleicoes/presidenciais2011/Interior.aspx?content_id=1764493

SamM disse...

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1764461

Teve sorte meu amigo, porque como vê os meios de comunicação social agora já falam do assunto. Bem podiam ter falado antes para avisar as pessoas destas situações incómodas...

Manuel Reis disse...

O cartão de cidadão considera que a assembleia de voto é a mais próximo da residência. Deste mdo aquelas pessoas que já votavam na assembleia de voto mais próximo continuam com o mesmo nº. Aqueles que votavam numa assembleia que já não é a mais próxima, viram o seu nº alterado. Quando eu tirei o CC, deram-me essa informação e eu logo que o recebi, fui verificar qual era o novo número e guardei... Quando houve as legislativas de 2008 (as últimas...) eu já votei noutra mesa. actualmente, isso acontece com todos os que tiram cartão de cidadão, mas se calhar os funcionários esquecem-se de avisar as pessoas, ou então são as pessoas que não ligam (é o que acontece na maior parte das vezes em com os portugueses) e depois querem ir todos ao mesmo tempo e entopem tudo... Mas, se tivessemos uma comunicação social que se preocupasse em informar as pessoas e não apenas com as mortes e ewcândalos, certamente isto não aconteceria...