segunda-feira, 7 de março de 2011

Festival da Canção: Muita Luta e Malvadez...



Se no sábado os Homens da Luta ganharam o 47º Festival RTP da Canção, a habitual festa da música portuguesa, onde toda e qualquer pessoa pode chegar ao estrelato momentâneo, desde que apresente uma canção inédita no programa, no domingo o Festival da Canção continuou a emocionar os corações de muita gente...

Como que por malvadez pura, ao nível dos sketches provocantes de Jel e Falâncio, onde estes atacam tudo e todos mas principalmente José Sócrates, à beira de uma ataque de nervos, o Braga derrotou o Benfica e deitou definitivamente por terra as aspirações dos lisboetas ao título, mas pior que isso foi a música que tocou logo após ao apito final na instalaçao sonoro do estádio AXA... Pior que o "Adios, adieu, auf wiedersehen, goodbye" de José Cid era impossível!

E assim se "curtiu" um fim de semana muito festivaleiro, entre a política e o futebol, os dois pontos da nossa sociedade que se interligam mais vezes que o normal, desta feita unidos pela música!! Como dizem eles, A cantiga é uma arma, e bem Cruel!

Sem comentários: