quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Insolvência da Farense Futebol SAD: Os Factos

Não sou jornalista nem estou por dentro dos meandros do dirigismo desportivo mas após alguma pesquisa, percebo que este pedido de insolvência acontece porque o jogador Fernando Porto, defesa/médio defensivo que representou o Farense nas épocas 2000/2001 e 2001/2002, deverá ter comprovado o atraso no pagamento de verbas e como a SAD não têm capacidade de gerar receitas o pedido foi executado, destinando-se o montante angariado através do leilão dos bens da SAD para cobrir a dívida, sendo que o futuro da SAD será a extinção, a qual, em meados da década de 90, recebeu da entidade Sporting Clube Farense os direitos desportivos para participar nos campeonatos profissionais de futebol.

Ao ser pedida a insolvência desta Sociedade, o Farense não poderá participar em competições da Liga por um período de um a cinco anos, o que na prática, não parece ser muito lesivo para o Farense, dado que milita na Terceira Divisão e para o ano, sendo promovido nesta época (situação que não parece muito provável) enfrentará o "inferno" da Segunda B, onde apenas são promovidas 2 equipas dum lote de 56, reduzindo logo aí as hipóteses de ascensão aos escalões profissionais num futuro de curto/médio prazo.

Quanto à "parte" administrativa/financeira da SAD, aconselho-vos a ler o que está neste link, em especial no ponto 4.17.


P.S. - Caso haja alguma incorrecção, não exitem em utilizar a caixa de comentários, porque como referi de inicio, este texto faz parte duma pesquisa com vista a perceber melhor por onde passará o futuro do SC Farense, na sequência desta situação.

Sem comentários: