sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Faro: Escola assaltada com violência, está encerrada para aulas



A Escola Emiliano da Costa em Estói, Faro, foi hoje assaltada de forma violenta deixando cerca de 400 alunos sem aulas, uma vez que a estrutura ficou sem as mínimas condições, disse o presidente da Câmara de Faro.

Em declarações à Lusa, Macário Correia explicou que o assalto à Escola EB 2,3 Escola Emiliano da Costa terá ocorrido cerca da 01:00, altura em que os assaltantes rebentaram com os quadros elétricos e os relógios pararam.

Segundo o presidente da Câmara de Faro, os ladrões levaram “todo o dinheiro que havia no cofre”, danificando com recurso a um objeto de metal, provavelmente a uma picareta ou marrão, a parede onde estava instalado.

O sistema elétrico e telefónico daquela escola foi todo destruído e há portas e fechaduras arrombadas, acrescentou o autarca, referindo que hoje a escola não vai ter aulas para se proceder às obras de recuperação.

“Neste momento todo o pessoal da Câmara está a fazer reparações de eletricidade, telefone e carpintaria e a escola hoje não tem aulas, porque não havia condições”.

A Escola Poeta Emiliano da Costa, do Agrupamento Vertical de Escolas de Estói, tem cerca 400 alunos com idades entre os 10 e os 15 anos.

Fonte da GNR confirmou o assalto, mas não prestou mais declarações até ao momento.

In Região-Sul


Uma semana em que a CMF têm tido problemas com a educação...

Sem comentários: