segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Feiras e exposições de Faro vão para o Vale da Amoreira



O Plano de Urbanização do Vale da Amoreira, em Faro, foi revisto pelo atual executivo e a novidade é a inclusão de um espaço para um Parque de Feiras e Exposições. Consulta pública já começou.

A Câmara de Faro já reservou um espaço para o futuro Parque de Feiras e Exposições na zona do Vale da Amoreira.

Esta é a principal novidade que saiu da revisão do Plano de Urbanização (PU) desta área do concelho, situada no limite Norte da cidade, entre a Penha e o Chelote.

A zona verde que já estava prevista mantém-se, mas a construção de um centro comercial Dolce Vita não vai avançar, segundo apurou o «barlavento».

As alterações a este plano, cujo primeiro esboço foi criado pelo anterior executivo camarário liderado pelo socialista José Apolinário, foram votadas na reunião da Câmara de Faro da passada semana.

O atual presidente da Câmara de Faro Macário Correia adiantou, entretanto, ao «barlavento», que embora tenha havido alterações, a filosofia inicial não mudou substancialmente.

«Fizemos algumas alterações, mas a área verde prevista é para manter», revelou. «A principal alteração prende-se com a inclusão de um espaço para um Parque de Feiras e Exposições, que é uma necessidade há muito identificada e que a Câmara considerou que deveria ser construído naquele local», adiantou.

Poucos meses antes das últimas autárquicas, onde foi derrotado por Macário Correia, José Apolinário apresentou este plano, dando especial enfoque ao Parque Urbano de 10 hectares nele previsto.

Este projeto tinha a assinatura do conhecido e por vezes polémico arquiteto paisagista Sidónio Pardal.

O parque iria ser o elemento central de uma nova zona urbana, para onde também estava prevista a construção de um centro comercial que seria dinamizado pelo grupo Sonae. Macário Correia reiterou ao nosso jornal que a construção desta unidade comercial, que teria a marca Dolce Vita, não vai avançar.

«Não havia qualquer compromisso da parte da autarquia, nem nenhum documento oficial nesse sentido», esclareceu o autarca.

O novo Plano de Urbanização do Vale da Amoreira vai estar em discussão pública a partir «desta semana» e depois ainda terá de ser aprovado em Assembleia Municipal.

Por Hugo Rodrigues In Barlavento Online

Sem comentários: