sexta-feira, 6 de agosto de 2010

ALVARO E O SONHO DA I LIGA


Curiosamente, e após alguns anos, estive á conversa com o Sr. Gomes no dia em que se decidia o futuro do Álvaro. Sem cometer inconfidências, a conversa girou á volta do percurso do “Kiwi” e, naturalmente, sobre esta oportunidade de alcançar a I Liga, via Paços de Ferreira. Na hora, o Sr. Gomes ainda não conhecia decisões, apenas possibilidades. E todas estavam em aberto, mesmo porque as prioridades do Paços de Ferreira não consideravam extremos.

No dia seguinte, descubro a notícia que o Paços de Ferreira pretende assinar um acordo com o jogador, por 3 temporadas, mas entrega a responsabilidade ao empresário para chegar a acordo com o SC Farense.

Ou seja, o Paços de Ferreira quer apostar no jogador para o futuro, mas não tem vontade de ter custos associados com a transferência. Por outro lado, o SC Farense não quer abdicar dos direitos de formação, dos infantis aos seniores, o que é natural e de direito.

Resta, portanto, ao empresário e ao SCF chegarem a um entendimento. No fundo, esta é a oportunidade do SCF fazer um investimento a longo prazo ou fazer investimento nenhum.

Moral da história: A formação sempre tem um preço e o seu abandono não tem preço nenhum. Por questões de preço e apreço, este é o momento de “Kiwi” poder avaliar as consequências de tanto empenho e esforço.
.
ETaylor
In Os Meus Infantis do Farense



Uma visão de quem sabe muito da poda e deu muito de si à formação do SC Farense...

Sem comentários: