terça-feira, 17 de agosto de 2010

77 associações recebem subsídios




A Câmara deliberou, em reunião realizada no passado dia 11 de Agosto, a atribuição de subsídios a 77 associações de cariz cultural, desportivo e de saúde do concelho no valor global de 352.000 euros. Não obstante, a autarquia assume, sem rodeios, em face da elaboração do Plano de Reequilíbrio Financeiro e à semelhança do que outras autarquias com constrangimentos análogos têm vindo a deliberar, que o montante consignado corresponde a 50 % do valor técnico recomendado para que estas instituições levem a cabo as suas iniciativas em condições óptimas. Todavia, como é público e notório, tal não é praticável. Exige-se, a todos sem excepção, que procurem fazer mais com menos. É esse o exemplo da autarquia. Não pode ser de outra forma.

Por último, a Câmara decidirá no último trimestre do ano a possível atribuição das verbas remanescentes, conquanto a execução orçamental lhe consinta proceder a transferências de capital para estas instituições cujos valiosos serviços prestados à comunidade constituem um alicerce insubstituível para promover o bem-estar dos munícipes.

In CM-Faro




Passados 8 meses após uma reunião mantida entre a CMF e as diversas colectividades e associações do Concelho, chegou a hora de implementar o novo plano de apoio às mesmas, por parte da autarquia.

Se o SC Farense recebia em média 100 mil euros de apoio anual, agora, pelo que é enunciado não receberá mais de 50 mil euros, o que parece muito pouco para todas as actividades do Clube... Não valerá de muito contestar o valor, o que se pede é que o pouco que está agora acertado, seja pago a tempo e horas, para evitar que tanto o Farense como todas as outras associações não venham a condicionar as suas actividades tão importantes para a vida de Faro, devido ao incumprimento deste Executivo, que fez da pontualidade um cavalo de batalha na campanha eleitoral...

Sem comentários: